Rabicó

s.m. popa de cabelo. Ex: Fez um rabicó no cabelo.

 

Rede

re.de/substantivo. Tecido resistente (de algodão, linho, fibra etc.), suspenso pelas duas extremidades usado para dormir ou embalar. Uso: O resto é de taipa, com cama isidora e esteira de palha e, às vez, rede vinda de longe (LOPES, 1992, p. 16).

Retado

adj. 1. Irado ou enraivado. 2. Fuá ou confusão. 3. Uso. Ex. Na discussão da equipe foi um fuá arretado.

Rabugenta

s.f. mal-humorada. Ex: Você tá muito rabugenta hoje.

 

Redondeza

r e . d o n . d e . z a / s u b s t a nt i v o feminino. Arredores de um lugar. Uso: Só tem é que respeitar as redondezas das benfeitorias dos outros (LOPES, 1992, p. 23).

Reteza

re.te.za/substantivo. 1. Estar retado. 2. Revoltado. 3. Ser competente. Uso: O direito da lei do certo, os homens sabendo e procedendo no caminho da reteza (LOPES, 1992, p. 13).

Ração

ra.ção/substantivo. Porção de alimento ou de bebida para um ou mais dias de alimentação de homens ou animais ou só para uma comida ou vez. (FERREIRA, 2014) Uso: O soro é misturado a ração para a alimentação de suínos. (IRPAA, 2010)

Regete

s.m. tornozelo. Ex: Inchou o regete de tanto caminhar.

 

Retirante

r e . t i . r a n . t e / s u b s t a n t i v o . Emigrante. Uso: Ovelha não tem dono, o dono é que tem ovelha. Ovelha é assim: tem sina de retirante (LOPES, 1992, p. 20).

Raiar

v. chamar a atenção, brigar. Ex: Começou a raiar com o neto.

 

Regrada

re.gra.da/adjetivo. Pouca coisa. Uso: Água salgada e regrada.

Reza

re.za/substantivo. Oração. Uso: - Menino, menino, aprenda as rezas! (LOPES, 1992, p. 30).

Ralo

adj. fraco, fino, aguado. Ex: A sopa ficou muito rala.

 

Reira

rei.ra/substantivo. 1. Dor nos rins. 2. Diarréia. Uso: A sede, a fome, a reira.

Rezadeira

re.za.dei.ra/substantivo. Mulher mais conhecida na comunidade por fazer orações. Alguns atribuem a ela poderes de cura e paranormais e sempre que um membro está doente ou precisando de cuidados, recorrem a uma. Uso: Leve teu menino na rezadeira que ela dá jeito.

Rampa

ram.pa/substantivo. 1. Ladeira. 2. Plano inclinado. (FERREIRA, 2014) Uso: Considerando que a rampa também acumula a água e serve para os animais chegar na água no barreiro trincheira. (IRPAA, 2014).

Reisado

r e i . s a . d o / s u b s t a n t i v o . Representação popular em honra dos Santos Reis ou Reis Magos. (FERREIRA, 2014) Uso: Apresentação das culturas locais que é o São Gonçalo, Reisado. (IRPAA, 2011).

Rezador

re.za.dor/substantivo. 1. Pessoa que faz reza. 2. Curandeiro. Uso: Rezador de reza forte, capaz de espantar mau olhado, capaz de afugentar espírito ruim (...) (LOPES, 1992, p. 59).

Rancho

ran.cho/substantivo. 1. Uma pequena casa, normalmente feita de madeira. (BUENO, 1898) 2. Um grupo de pessoas reunidas (BUENO. 1898) 3. Grupo carnavalesco. (BUENO, 1898)

Rela

s.m. bronca. Ex: Levou um rela do pai.

 

Riba

ri.ba/substantivo. Acima. Uso: Ele subiu lá pra riba.

Rango

s.m. comida. Ex: Já aprontou o rango?

 

Relento

s.m. ao ar livre. Ex: Saiu no relento.

 

Ribeirinhos

ri.bei.ri.nhos/adjetivo. Que mora próximo de rio ou ribeira. (FERREIRA, 2014) Uso: Atualmente os produtores reassentados da barragem de Itaparica, ribeirinhos ou pequenos irrigantes de açudes, pretende aproximar-se de apoiadores para os seus produtos. (IRPAA, 2011)

Rapa

s.f. resto. Ex: Só ficou a rapa do feijão. 

 

Relevar

v. perdoar. Ex: Releve a ofensa dele.

 

Rinchar

rin.char/verbo. Sons que alguns animais produzem, normalmente jegues. Uso: Tem também o badalar dos chocalhos, berros, urros e ‘rinchar’ dos animais [...] (LOPES, 1992, p. 29).

Rapadura

r a . p a . d u . r a / s u b s t a n t i v o . Açúcar mascavo em forma de pequenos ladrilhos. (FERREIRA, 2014) Uso: Em alguns lugares são desenvolvidos os artesanatos, em outros são produzidas as rapaduras, a farinha, a cera de carnaúba. (IRPAA, 2009)

Remanso

re.man.so/substantivo. Água estagnada parada. O rio no sono traiçoeiro, os remansos mansos das águas.

Roça

ro.ça/substantivo. 1. Ação ou efeito de roçar. 2. Lugar onde se roça mato. 3. Terreno coberto de mato. 4. Mato muito crescido. (FERREIRA, 2014) Uso: A gente tem as roças individuais que a gente planta mandioca, milho, feijão, melancia. (IRPAA, 2011).

Rapadura com farinha

Raspa de rapadura misturada com farinha de mandioca. Uso: A riqueza que é o reisado, a congada, o maracatu o samba de veio, o feijão verde o maxixe, a delícia que é o beiju a carne de sol e a rapadura com farinha. (IRPAA, 2008)

Remela

s.f.sujeira no canto do olho. Ex: Lave a remela de seu olho.

 

Roçado

ro.ça.do/substantivo. 1. Que está livre do mato por efeito da queima. 2. Terreno desembaraçado do mato e próprio para o cultivo. (FERREIRA, 2014) Uso: Quando a gente vai fazer o roçado deixa uma área sem plantar. (IRPAA, 2011).

Raposo

adj. sujo. Ex: Sua roupa tá muito raposa.

 

Remelexo

s.m. que não para de mexer. Ex: Que remelexo é esse, menino?

 

Rodia

s.f. tira de tecido torcido que serve de apoio e protege a cabeça para carregar lata d’água. Ex: Traga a rodia que está atrás do pote.

 

Rasga-mortalha

pessoa que grita muito. Ex: Fala baixo, rasga-mortalha.

 

Remendar

re.men.dar/verbo. Consertar com remendos, através de improviso. Uso: Fora disso, a simpleza dos panos remendados que encobrem as vergonhas (LOPES, 1992, p. 16).

Rolinha

s.f. pássaro pequeno que vive no mato. Ex: A craibeira ta cheia de rolinha.

 

Raspa

ras.pa/substantivo. 1. O que se tira raspando. 2. Rasura, apara. (FERREIRA, 2014) Uso: Não deu para fazer farinha a gente faz a raspa com muito menos despesa. (IRPAA, 2010).

Remoer

re.mo.er/verbo. Roer, mastigar. Uso: Os bichos remoem caroços, bagaços de capim seco e esticam os olhos na estrada, sentindo cheiro de água (LOPES, 1992, p. 40).

Roló

s.m. tipo de sapato ou bota de couro, usado na roça. Ex: Onde colocou o rolo de seu pai?

 

Raspa de mandioca

Produto obtido mediante a desidratação, sob qualquer processo, da raiz integral da mandioca (Manihot esculenta Crantz), na forma de pequenos pedaços ou fatias de forma e tamanho variados. (FERREIRA, 2014) Uso: Esse ano foi fraco de raspa de mandioca por causa que choveu pouco no ano passado. (IRPAA, 2011).

Renca

s.f. muita gente. Ex: Onde vai essa renca de menino?

 

Rôlo

s.m. troca. Ex: Bateu um rôlo com bicicleta.

 

 

Realinhamento

re.a.li.nha.men.to/substantivo. Ato ou efeito de realinhar. (FERREIRA, 2014) Uso: Eu iniciei fazendo o realinhamento e depois coque a cerca. (IRPAA, 2010)

Repartição

re. p ar. t i. ç ã o / sub st ant ivo. Separação, divisão. Uso: Começaa repartição.

Romaria

r o . m a . r i . a / s u b s t a n t i v o . Peregrinação religiosa feita por um grupo de pessoas (BUENO, 1898) a uma igreja ou local considerado santo, seja para pagar promessas, agradecer ou pedir graças, ou simplesmente por devoção, podendo ser feita a pé ou em veículos.

Reassentamento

re.as.sen.ta.men.to/substantivo. Ato ou efeito de reassentar. (FERREIRA, 2014) Uso: Atualmente os produtores reassentados da barragem de Itaparica, ribeirinhos ou pequenos irrigantes de açudes, pretende aproximar-se de apoiadores para os seus produtos. (IRPAA, 2011)

Repartir

re.par.tir/verbo. Separar, dividir. Uso: As ovelhas estão todas repartidas. Cada uma para seu dono (LOPES, 1992, p. 21).

Roncar

ron.car/verbo. 1. Zoar. 2. Produzir sons, barulho. Uso: Os riachos roncam e roncam forte.

Rebanho

re.ba.nho/substantivo. Porçãode gado lanígero e, por extensão, de alguns outros animais guardados por um pastor. (FERREIRA, 2014) Uso: O rebanho é pouco, mas é um pouco que dá. (IRPAA, 2013)

Represa de barragem

Expressão adjetiva. Obra que se faz em rio ou canal para represar a água; açude. (FERREIRA, 2014) Uso: 500 metros da represa da barragem. (IRPAA, 2012).

Rugir

ru.gir/verbo. Fazer barulho. Uso: Mulheres e homens caminham apressados, rugindo os couros nos pés.

Rebeirar

re.bei.rar/verbo 1. Espreitar. 2. Circular ao redor. Uso: Quando chega a hora o espírito chega por alí rebeirando, esperando (LOPES, 1992, p. 77).

Reservatório

re.ser.va.tó.ri.o/substantivo. Espaço ou recipiente próprio para guardar ou acumular algo. (FERREIRA, 2014). Uso: Nesse reservatório tem capacidade para 60 mil litros de água. (IRPAA., 2013).

Rumar

ru.mar/verbo. Seguir em determinada direção. Uso: O gado da malhada vai levantando e rumando para lá.

Reboliço

re.bo.li.ço/adjetivo. Remexido, desajeitado. Uso: A diferença do tempo, o reboliço das coisas, a reviravolta de tudo (LOPES, 1992, p. 83).

Resguardo

res.gu.ar.do/substantivo. 1. Ação de ficar em repouso, (RIOS, 2009) sem poder fazer nenhum tipo de esforço. 2. Regime de alimentação, uma dieta. Uso: Antônia ficou um mês de resguardo depois que deu a luz de Pedro.

Ruvaio

s.m. chuva fina. Ex: Tire a roupa do ruvaio.

 

Universidade do Estado da Bahia - UNEB - Departamento de Ciências Humanas - DCH - Campus III
Rua Edgar Chastinet, s/n, São Geraldo - 48.905-680, Juazeiro - Bahia - Brasil
Desenvolvido por Kikovillar


  • parceiro03
  • parceiro 4
  • uneb_banner
  • banner  264 x 233 px 1