Bozo (Búzio)

bu.zo/substantivo. Objeto feito de chifre, mas de apenas um chifre. O buzo tem um somrouco e de alcance inferior ao de um berrante. Era carregado e amarrado na garupa da sela e utilizado para chamar outros vaqueiros em situações especiais. Quando os vaqueiros corriam atrás de um boi, o vaqueiro que o pegava utilizava o buzo para sinalizar o local onde estava ou quando um vaqueiro se perdia, os vaqueiros saiam pelo mato a sua procura e, para avaliarem a posição onde se encontravam e até mesmo para possibilitarem a aproximação de quem procuravam, buzinavam com insistência. Nessas situações, portanto, o buzo era utilizado para localizar e chamar outros vaqueiros mais distantes ou pessoas perdidas no mato. Enfim, em uma situação de aperreio, qualquer que fosse ela, o buzo era utilizado para localização daqueles que o ouvissem. O buzo era utilizado, também, assim como se faz com o berrante, na condução do gado por estradas. Nesse caso, o vaqueiro que ia a frente buzinava o buzo em formato de som longo e manso. Nos finais de tarde, no período de verde, ocorria também dos vaqueiros se porem a buzinar no terreiro da fazenda com a intenção dechamarem as vacas de curral que estivesse nas redondezas. Alem dessa função, o buzo também era utilizado como copo, tanto para retirar água das lagoas para beber, como para beber cachaça. Nesses casos, os vaqueiros tapavam a parte fina e bebiam o liquido através da parte grossa (LOPES, 2014).

Universidade do Estado da Bahia - UNEB - Departamento de Ciências Humanas - DCH - Campus III
Rua Edgar Chastinet, s/n, São Geraldo - 48.905-680, Juazeiro - Bahia - Brasil
Desenvolvido por Kikovillar


  • parceiro03
  • parceiro 4
  • uneb_banner
  • banner  264 x 233 px 1